PetCoaching

A PetCoaching quer trazer qualidade no relacionamento entre pessoas e cães. Isso significa diminuir as lacunas de comunicação existentes entre as espécies.

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

PetCoaching - Cães com qualidade de vida, você com mais confiança

Seu cão é Analfabeto?

Como assim, meu cão é Analfabeto? Não sabia nem que meu cão poderia ser alfabetizado! Será que eu fiquei louca? Não, calma que eu te explico.

Por Carla Ruas dia em Blog

Seu cão é Analfabeto?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Muitas pessoas tem dúvidas da REAL necessidade de ensinar o que chamam de “comandos de obediência” ou “truques”.

Pra que meu cachorro precisa executar este ou aquele outro comportamento?

Até mesmo meus clientes, que contratam meu serviço presencial, me questionam a necessidade dessa troca.

A verdade é que eu gosto de chamar os comandos de COMUNICAÇÃO. Não ensinar um cachorro é como não ensinar uma criança a ler. É errado!

Para ensinar as coisas que nós queremos que eles façam e evitar os comportamentos indesejados, eles precisam APRENDER o que fazer. Esse aprendizado se vem por meios dos comandos, em que o principal objetivo é ensinar para eles a nossa linguagem verbal e corporal e, assim, ganharem fluência nessa comunicação.

E eu digo Alfabetização porque é como se fosse o alfabeto deles. Se pesquisarmos sobre o termo no Google, vamos nos deparar que alfabetização consiste no aprendizado do alfabeto e de sua utilização como código de comunicação.

"...A alfabetização de um indivíduo promove sua socialização, já que possibilita o estabelecimento de novos tipos de trocas simbólicas com outros indivíduos.”

Ou seja, o alfabeto para os cães, nada mais é do que os comandos e seu papel vai ainda muito além, passa também pelo processo de auxiliar na socialização com a nossa espécie.

“Ah! Mas quando eu falo pra ele 'não!' ou falo pra ele parar, ele entende!” Será que entende mesmo? Ou está apenas intimidado com seu tom de voz?

Quando você parou para REALMENTE ensinar para ele tais comandos?

Educar é dedicar tempo e atenção para o processo de aprendizado.

Não importa o que você queira do seu cão, ele precisa aprender. Assim como todo processo educacional, existe um professor, capaz de ir gradativamente pela matéria, de forma paciente e consistente, e avaliar sempre se o aluno está compreendendo o que está sendo ensinado.

Porque com os cães seria diferente? Essa comparação seria exagerada, sendo que temos aí um agravante em questão: é uma outra espécie, que não usa os mesmos códigos de comunicação que nós, que vê o mundo de outra maneira?

E, neste ponto, a “alfabetização” se torna ainda mais essencial!

Nós podemos nos colocar no lugar dos nossos cães se imaginássemos que nós, brasileiros, fôssemos transportados, de uma hora para outra para a China, por exemplo.

Sem saber sobre a cultura, sobre a língua e nada mais do país. Tudo seria muito estranho. Algum comportamento natural para nós, poderia soar totalmente inadequado ou invasivo para eles. Nossa língua nativa já não faz mais sentido. E agora?

Se o processo de aprendizagem se fizesse por meio do tom de voz e de proferir palavras de ordem ficaríamos bem ressabiados de dar um passo em falso, mas não estaríamos aprendendo dessa maneira sobre o que realmente se trata aquela cultura e como conversar naquela língua.

Para que seu cão possa PARAR qualquer comportamento, ele precisa saber o que COMEÇAR a fazer. É oferecer um repertório de substituição, de comportamentos desejados, por meio da comunicação.

O melhor professor para seu cão não poderia ser ninguém mais e ninguém menos que VOCÊ!

E aí: você se orgulha do professor que é para o seu cão?

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Seu cão é Analfabeto?

Já temos 4 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Virginia Machado Paletta

Virginia Machado Paletta

As vezes meu cão obedece o não...
Mas as vezes não liga e faz o que quer...
Difícil.... foi adestrado por 3 meses... mas as recaídas são frequentes.... Haja paciência com meu filho de 4 patas....
Muito boa sua apresentação...
bjo
★★★★★DIA 31.03.18 18h44RESPONDER
Carla Ruas
Enviando Comentário Fechar :/
Carla  Ruas

Carla Ruas

Olá Virginia! 


Eu não gosto de utilizar o "não", porque esquemos de ensinar o que queremos que eles façam e acabamos focando só no erro do cão. É importante praticar com ele todos os comandos aprendidos e inserir na rotina. Faz toda a diferença, pode acreditar! :)


Fica ligada nos meus conteúdos do Instagram, onde posto alguns treininhos e fica ligada no seu email também que em breve vou divulgar um conteúdo que pode te ajudar bastante no seu caso! :)


 


Lambeijos!

★★★★★DIA 02.04.18 12h22RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Alexandre Cintra

Alexandre Cintra

Bem legal Carla! Acho que os comandos são realmente fundamentais para que nós tutores possamos ter uma comunicação mais clara com nossos pets. Acho que você foi muito feliz questionar quando alguém fala o "não" se o cão entende ou se está intimidado com o tom de voz.
Grato,
Alexandre
★★★★★DIA 27.03.18 13h38RESPONDER
Carla Ruas, Cesar Borges
Enviando Comentário Fechar :/
Carla  Ruas

Carla Ruas

Fico feliz que tenha gostado, Alexandre! :)


Auubraços! 

★★★★★DIA 27.03.18 18h29RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/