PetCoaching | Metodologia Positiva, cientificamente comprovada em termos de eficiência e bem estar

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

PetCoaching - Cães com qualidade de vida, você com mais confiança

Mãe de Pet

Afinal, é certo usar o termo "mãe"? Posso me considerar mãe do meu cachorro? Vem conferir!

Por Carla Ruas dia em Blog

Mãe de Pet
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Não há certo ou errado em se considerar mãe de pet. Mas há AÇÕES certas e erradas que temos (ou deixamos de ter) com nossos cães. 

Adapto uma famosa frase do escritor e poeta Ralph Waldo Emerson a esse contexto: 

“O que você faz fala tão alto que não consigo ouvir o que você diz."

Humanizar é não respeitar a natureza dos animais, da espécie, não entender o que os cães precisam, indo MUITO ALÉM do que queremos e até indo na contra mão do que gostaríamos. Não é o termo “mãe” que humaniza.

Querer um cão “sem cheiro de cachorro”, um cão que não fareja porque você tem “nojo”, não levar um cão pra passear porque “suja”, encher de acessórios porque VOCÊ gosta, não aprender sobre as necessidades dos cães, sobre a natureza animal, sobre como os cães aprendem, não entender o indivíduo que você tem em casa e não se responsabilizar pela EDUCAÇÃO.

Aí que mora o problema. 

Se tem uma lição que considerar cães como filhos pode nos trazer: todo filho tem sua carga de responsabilidade, muito além de comida, banho e médico.

Me diga: qual papel de responsabilidade de uma mãe que causa impacto para a vida inteira dos filhos? EDUCAÇÃO!

E educar é um papel constante, consistente e respeitoso.

Não está em uma fórmula magica, não está numa resposta simples de “como faço meu cão parar de latir?”, “como faço meu cão parar de morder?” e de tantas outras perguntas genéricas.

Está em entender os “porquês”, está em entender a espécie.

Por isso, concordo com Goethe: Amar é prestar atenção. Porque não há amor construído com projeções: do que eu quero, do que eu gosto, do que é melhor PRA MIM.

Só há amor se sou capaz de entender e respeitar as diferenças, principalmente quando falamos de outra espécie, tão diferente da nossa e com necessidades tão diferente de nós.

❤️ FELIZ DIA DAS MÃES a todas que são e que assim se consideram, independente da espécie! ❤️ 

 

*foto de Amol Jadhav para campanha de adoção de animais que usa de forma criativa a ilusão de ótica que nos deixa a mensagem sobre a participação dos animais na nossa família e nos nossos corações

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Deixe seu comentário aqui: