PetCoaching

A PetCoaching quer trazer qualidade no relacionamento entre pessoas e cães. Isso significa diminuir as lacunas de comunicação existentes entre as espécies.

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

PetCoaching - Cães com qualidade de vida, você com mais confiança

Coluna #8 WOW PetCoaching: A voz da alma

Eu Soul: a essência da música nos animais. Como usá-la para o bem estar?

Por Carla Ruas dia em Blog

Coluna #8 WOW PetCoaching: A voz da alma
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

 

Sofro de um mal muito comum, porém que me afeta em especial de forma mais aguda do que para muitos: a falta de memória. Já tentei suprimir o problema com vitaminas e técnicas, mas que nunca trouxeram mudanças significativas. Mas com a música é diferente.

É um efeito contrário: quanto mais antiga, mais conheço e domino sua letra e melodia. Pode ter passado 10 anos sem ao menos escutar aquela canção. É só começar a introdução e já canto sem dificuldades. Inglês então? Fiz mais de 6 anos de aula e nunca me recordo do que aprendi em sala, mas posso cantar e traduzir as mais diversas músicas estrangeiras. E dedico meu aprendizado da língua do Tio Sam à música.

Amigos dizem que é memória seletiva. Eu acredito em memória da alma.

Por mais que eu não goste ou não me identifique com aquela letra, eu lembro. Porque a música conversa com nosso inconsciente, com nosso interior. Esse diálogo ritmado, conversa com o nosso bpm. Nosso corpo é música.


Isso não muda nos animais. Afinal, antes de sermos humanos, somos animais. Se nosso corpo é música, o deles é a da mais pura qualidade. Sem interferências tecnológicas ou que causam ruído de essência e de significado.

Uivos, sons dos pássaros, de grilos, etc. Reflete no verdadeiro significado da música: a beleza vem do coletivo e não da singularidade. E assim se localizam, se identificam, se tranquilizam e se harmonizam com sua própria natureza e nos traz a melodia mais pura para os nossos ouvidos.


E porquê acharíamos que os cães não são afetados positivamente com a presença da música? Prepotência nossa. Ou seria ingenuidade?


Música não se trata da complexidade humana, muito menos de um gosto exclusivo nosso.

A vibração das ondas sonoras ativam uma reação no cérebro dos cães e altera a frequência cardíaca para acompanhar o ritmo da música.


85% dos cães que participaram de um estudo da Universidade de Viena demonstraram uma grande redução dos níveis de estresse em relação a outros cães, graças à música.

Nossos cães podem desenvolver quadros de estresse por muitos motivos, principalmente por saudades de seus tutores, principalmente quando eles saem para trabalhar, e a música pode ser uma aliada na redução desse estresse. Já tratei casos de ansiedade de separação aconselhando a presença de música relaxante no ambiente.


Para quem quiser fazer o experimento com seu animal de estimação, há uma playlist só para nossos peludos no Spotify. Procure lá por "Vida de Cão".


Música é a voz da alma dos animais. Sintonize e deixe a conversa fluir.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Coluna #8 WOW PetCoaching: A voz da alma

Enviando Comentário Fechar :/