PetCoaching | Metodologia Positiva, cientificamente comprovada em termos de eficiência e bem estar

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

PetCoaching - Cães com qualidade de vida, você com mais confiança

A solidão em cães

Estar sozinho é um desafio para muitos cães. E agora?

Por Carla Ruas dia em Blog

A solidão em cães
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Não é uma questão de se acostumar, é uma questão de preparar o cão.

A Ansiedade de Separação não é brincadeira e exige tratamento e diagnóstico eficientes para alcançar o resultado.

Já escrevi sobre esse tema aqui no blog, com o caso da PennyLane

A Ansiedade de Separação gera alterações fisiológicas no cão, deixando-o em estado de alerta pela sua própria sobrevivência.

Salivação excessiva, suor nas patas, latidos e choros sem parar, destruição de móveis, falta de apetite, enfim.

Os sintomas dos cães que não conseguem ficar sozinhos são variados e cada cão pode demonstrar uma gama variada deles, alguns muito claros, outros muito sutis.

O mais importante é atuar imediatamente no bem estar dele, até para prezar pela longevidade dele, pois não há cão que viva bem mediante tamanho stress diário.

O primeiro passo é: como não deixar que essa situação aconteça? Como não deixa-lo sozinho?

PetSitter, amigos, familiares, vizinhos, creches caninas, hotéis e daycares para cães, etc. Busque alternativas. Paralelo a isso: o treino! E não tem nada a ver com seu acostumar.

Nenhum cão se “acostuma” a uma situação de medo extremo.

É preciso atuar no que chamamos de Gatilhos de Ansiedade: chaves, sapatos, bolsas, portas e associar com algo bom: petiscos e brinquedos recheados são nossos recursos mais fortes.

Procure ajuda profissional o quanto antes.

Lembrando que a melhor opção SEMPRE será a prevenção:

  • Não fazer festa quando chegar em casa
  • Não se despedir do cão
  • Oferecer recursos gostos para atividade e entretenimento do cão assim que sair de casa
  • Treino de suíte canina (o cão ter seu cantinho exclusivo dentro de casa)
  • Incentivar e treinar desde cedo para que ele seja independente e se divirta mesmo que não esteja colado em você

Ações simples que impactam diretamente no bem estar e qualidade de vida do seu cão!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Deixe seu comentário aqui: